O ano novo me desafia

Olá pessoas!

Se tinha uma coisa que eu não gostava na escola, era a tal da redação. Nunca me dei bem em expressar ideias e acredito que isso influencia minha vida até hoje. Se preciso criar frases, textos ou até comentários em posts, sempre me enrolo e tenho a impressão que escrevi algo totalmente diferente do que está na minha cabeça.

No entanto, chega uma hora que precisamos ultrapassar nossos limites.

Resolvi escrever este blog e admito que será um grande desafio. Juntando com minha dificuldade de expressão, tenho ainda a necessidade de aprovação alheia. O que me intimida quando quero mostrar uma ideia mirabolante e a pessoa me olha com cara de pastel. Fico frustado com a impressão de não gostaram do que eu propus.

Inicio este blog paralelamente a famosa crise dos 30. Na verdade, esta foi antecipada antes dos 29, cheio de contantes reflexões do que tenho feito, e onde tenho ido. Com isso em mente e com a leitura de dois livros, “O poder dos Inquietos” e “Pare de se sabotar e dê a volta por cima“, resolvi que, antes dos 30, iniciarei mudanças na minha vida, com propósito de crescimento pessoal, intelectual, social entre outros.

Este blog servirá para eu treinar escrita através de resenhas, conceitos adquiridos, e tudo mais que vier a minha cabeça. A princípio já formalizo aqui que este ano tentarei seguir os desafios “52 livros por ano“, além de algumas variações como, 52 filmes por ano.

Que você possa embarcar junto nessa minha jornada pessoal.